Guararema

De uma hora para outra uma das escolas em que leciono, resolveu que não iria mais fazer a ponte do feriado (12 de outubro), então tivemos que nos reorganizar. O Sócrates deu a feliz ideia de irmos para Guararema, uma indicação antiga de um amigo.

Nós saímos de casa (zona oeste de São Paulo) às 11h40 e chegamos perto das 13h. Fizemos muita coisa e foi bem legal. O lugar é pequeno mas eles souberam como entreter o turista.

O único lugar que não indico é a Cachoeira Putim, porque tem muita gente, muito lixo e fiquei desconfiada da qualidade da água. Deveriam cobrar uma taxa e alguém cuidar do lugar, poderia ser a prefeitura.

Almoçamos no Roça e Poesia, com preço justo e muita qualidade. Depois do almoço indico o brigadeiro de colher.

Perto do centrinho e antes de chegar no Parque da Pedra Montada, tem a Igreja de Nossa Senhora d'àjuda, onde os peregrinos que fazem o caminho da Luz, pegam um dos carimbos. 


Parque da Pedra Montada, perto dele tem a cachoeira Putim.



















Igreja da Escadaria de 1920. O lugar é meio escondido, mas uma graça, dá vontade de ficar na praça. Não indico ir de noite porque a iluminação é precária.















Postagens mais visitadas deste blog

Cães: Capas para carro e cinto de segurança.

Cães e bike.

Decoração da Capela PUC e buquês.