Primeiro mochilão do Pedro

Estou ansiosa para levar meu bebê (dez anos), para compreender o que é um "mochilão". Desta vez, só iremos nós dois. Os meus planos eram irmos os três, mas a vida traz alguns imprevistos e em um deles, o Sócrates acabou mudando de emprego, impedindo-o de sair de férias.

Gostaria muito que ele fosse conosco, pode ser que ele consiga uma folga em um dos finais de semana...

Estou contando os dias, será que o Pedro vai gostar? Não vou colocar muitos detalhes porque só tenho as passagens e algumas hospedagens agendadas previamente, quando o roteiro estiver mais concretizado, conto para vocês.

As fotos tentarei postar diariamente no Instagram ("@gabriellabugni"), postá-las aqui ficará mais complicado porque talvez eu não leve o note, tenho que tentar reduzir ao máximo o peso das bagagens, pensando que talvez eu tenha que levar a minha e a do Pedro (viajar com criança é sempre imprevisível).

O roteiro que esquematizei está maravilhoso, cheio de aventuras e paisagens lindas. Espero que o tempo colabore e que os pontos de parada estejam dentro de tudo que estudei. Planejei tudo em mês, passagens, hospedagens, transfers e passeios. Ficou muito melhor do que qualquer pacote CVC.

Gente é claro que não farei o Pedro ficar perambulando, é uma viagem mais leve, mas não deixa de ser um Mochilão, vou chamar de mochilão kids, rsrsrs.

Chega logo JULHÃO!

Como planejar um mochilão gastando o menos possível?


1. Estude os vários lugares que quer conhecer e vá orçando os itens mais caros como meio de transporte (ida e volta) e hospedagem. Uma sugestão é usar este orçamento para a escolha do roteiro, porém cuidado, descubra se o lugar que pretende ir, fica mais barato em determinada época do ano por algum fenômeno natural (excesso de chuvas, incidência de enchentes, excesso de neve, seca de rios, entre outros).

2. Vale pensar em se hospedar em alguma cidade vizinha, podendo reduzir seu custo sem comprometer a aventura.

3. Estude bem o lugar (google, blogs, redes sociais), colete o maior número de informações e a partir daí, trace seu roteiro, escolhendo os lugares que você quer conhecer e lugares de parada para descanso ou alimentação.

4. Anote os telefones dos lugares e ligue para se certificar que é "real", pegar informações e dicas extras (passeios que só as pessoas locais conhecem, sinal para internet, caixa eletrônico, hospitais ou postos de saúde, farmácia, restaurantes, e tudo aquilo que você acha necessário para o seu relativo conforto).

5. Compre as passagens e faça as reservas dos lugares em que você irá fazer as pausas.

6. Leve os comprovantes, endereços e telefones, bem organizados em uma pasta pequena para você não se atrapalhar. Ajuda bastante organizá-los em ordem cronológica.

7. Se for viajar sozinho, deixe uma cópia do roteiro com alguém da família ou amigo, com as datas, telefones, endereços. Nunca se sabe...

8. Itens que você deve levar na mochila:
- roupas leves e essenciais (em lojas de esportes você encontra até roupas de frio, super leves e fáceis de secar)
- sapatos
- produtos de higiene, incluindo repelente e protetor solar
- kit de primeiros socorros
- comida de emergência (embalagens com proteínas e/ ou carboidratos)
- água (dependendo do lugar em que você for, se planeje bem para que ela não acabe)
- máquina fotográfica ou celular com câmera boa para diminuir o peso das máquinas e filmadoras.
- bloco de anotações com caneta
- pasta com documentos e roteiro da viagem.
- mapa (dependendo do lugar não haverá sinal de internet)

9. Tente pagar tudo antes, evitando o manuseio de dinheiro. Leve a quantia que precisa e um pouco mais, guardando-a em lugares diferentes.

10. Carregue na mala e fora dela: BOM HUMOR, AGRADEÇA POR ESTAR VIVO e PODER VIVENCIAR SUA AVENTURA.







Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Cães: Capas para carro e cinto de segurança.

Cães e bike.